Redação Enem 2013 – Apoio de Neymar ao protesto valeria nota 680

O Blog do Enem vem acompanhando todos esses protestos no Brasil. E adivinha quem está nessa? O Neymar! Como ele se sairia se fizesse o Enem 2013?

Essa semana, o Brasil foi marcado por inúmeras manifestações democráticas de apoio popular. Esses protestos podem ter causas que o Brasil anseia há anos. E você, acha que isso pode ser um possível tema para a Redação do Enem 2013?

Ontem, o jogador Neymar, da seleção brasileira de futebol, publicou em sua página do Instagram um texto apoiando as manifestações populares. Veja o texto na íntegra aqui.

A equipe de Redação do Blog do Enem analisou esse texto. Vamos dar uma olhada e ver como o Neymar sairia se ele tivesse escrito para a Redação do Enem 2013, e não para o Instagram?  Chega mais!

Veja o texto do Neymar feito especialmente para o Enem 2013 (brincadeira, gente. Foi pro Instagram).

Enem 2013

“Triste por tudo o que está acontecendo no Brasil. Sempre tive fé que não seria necessário chegarmos ao ponto de “ir para as ruas” para exigir melhores condições de transporte, saúde, educação e segurança, isso tudo é OBRIGAÇÃO do governo… Meus pais trabalharam muito para poder oferecer pra mim e pra minha irmã um mínimo de qualidade de vida… Hoje, graças ao sucesso que vocês me proporcionam, poderia parecer demagogia minha – mas não é – levantar a bandeira das manifestações que estão ocorrendo em todo o Brasil. Mas sou BRASILEIRO e amo meu país !! Tenho família e amigos que vivem no Brasil !! Por isso também quero um Brasil mais justo, mais seguro, mais saudável e mais HONESTO !!!! A única forma que tenho de representar e defender o Brasil é dentro de campo, jogando bola… E a partir deste jogo, contra o México, entro em campo inspirado por essa mobilização…”

Em uma análise, como se um corretor do Enem 2013 fosse revisar, vemos os seguintes aspectos da “redação” do Neymar de acordo com os critérios de correção da Redação Enem 2013:

1) norma padrão culto da língua escrita: Você deve estar achando que jogador de futebol não estudou, néam? Mas veja bem, o Neymar não teve nem um errinho de ortografia. Entretanto, ele deveria usar uma vírgula antes do “Mas sou BRASILEIRO e amo meu país !!” e não um ponto final. E mais: o ponto de exclamação (!) não pode ser repetido, basta um só para finalizar a frase. E, por fim, palavras em caixa alta – ASSIM – não podem aparecer na Redação Enem 2013 como enfoque das palavras. Nesse critério, acreditamos que o jogador poderia tirar uma nota aproximada de 120 pontos, não acham? (Lembrem-se que cada critério vale no máximo 200 pontos).

2) Compreensão da proposta de redação: se a proposta do Enem 2013 fosse o poder da participação popular, o Neymar teria tirado de letra a proposta. Quer dizer, ele poderia tirar nota máximo: 200 pontos nesse critério.

3) Seleção e organização das informações: esse critério analisa as competências da coerência e da coesão, além da informatividade do candidato para o Enem 2013. O jogador se mostrou informado citando frases da mídia “ir para as ruas”, além de saber o que acontece no país atual. Entretanto, deveria mostrar informações concretas, especificadas, e não somente fatos comuns. Assim, acreditamos que nesse quesito, o Neymar tiraria uma nota próxima a 120 pontos. Concorda?

4) Demonstração de conhecimento da língua necessária para argumentação do texto: apesar do jogador brasileiro demonstrar alguns errinhos de gramática em seu texto,  o Neymar conseguiu expor sua argumentação de várias formas: mostrando o papel dos representantes políticos eleito; da situação familiar como força típica brasileira de luta; e de suas convicções como brasileiro. Todos esses argumentos foram demostrados de forma simples, correta e rápida. Dessa forma, acreditamos que o jogador tiraria aproximadamente 150 pontos, não acham?

5) Elaboração de uma proposta de solução para os problemas abordados, respeitando os valores e considerando as diversidades socioculturais: apesar do Neymar ter respeitado essa norma da Redação Enem 2013, ele deveria demonstrar mais de uma solução para a problemática: colocou somente sua atuação em campo para mudar o país. O ideal é que o candidato apresente três soluções como proposta de resolução do problema apresentado, conforme recomendação do próprio Enem. Assim, o Neymar tiraria próximo dos 90 pontos – sim, o jogador da seleção brasileira deveria expor mais duas soluções, por isso a baixa da pontuação nesse critério.

Enem

Não sabemos se o Neymar passaria no Enem 2013, pois sua aprovação dependeria de uma série de fatores como as notas das outras áreas. Entretanto, a pedido do público, no quesito Redação, verificamos que ele poderia tirar uma nota próxima a . 680 na prova. E ae, você concordaria com essa nota?