Perícia da PF confirma vazamento restrito da Redação Enem 2014

A perícia técnica da Polícia Federal no Piauí confirmou que são autênticas as imagens da prova de redação do Enem 2015 distribuídas via celular momentos antes da prova. Mas, ao mesmo tempo, diz que foi uma circulação restrita a poucas pessoas e que ainda investiga o horário e a origem da mensagem original. O Ministério Público Federal, o MEC, e o INEP acompanham. Veja abaixo.

O delegado da Polícia Federal Paulo Uchoa, que responde pelas investigações do vazamento do tema da Redação do Enem 2015 no Piauí, concluiu após perícia técnica que as imagens da folha de redação distribuídas via celular momentos antes do início da prova são autênticas. Mas, ele destacou que não ocorreu vazamento prévio como por exemplo com desvio de provas da gráfica ou fato similar. Ele trabalha com a hipótese de uma abertura de envelope pouco antes do horário, e com distribuição restrita das imagens a poucos candidatos.
As investigações ainda prosseguem para identificar de onde partiu a primeira mensagem e para tentar localizar o alcance na distribuição. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP), órgão vinculado ao MEC e responsável pela realização do Exame Nacional do Ensino Medio declarou em nota oficial que segue apoiando e acompanhando as investigações, e que agurada a conclusão de todas as apurações por parte da Polícia Federal.
O presidente do INEP tem afirmado que não há informações ou indicativos justifiquem um possível cancelamento da prova do Enem 2015, e que o órgão segue em contato e colaboração com o Ministério Público e com a Polícia Federal.

Veja a seguir o histórico do problema, desde as primeiras denúncias de vazamento do tema da Redação.

Redação Enem 2014 pode ser cancelada. PF investiga se tema vazou.

Redação Enem 2014 Vazou

As Redes Sociais valem para o bem e valem para o mal. Delegados e agentes da Polícia Federal estão colhendo depoimento de candidatos que participaram do Enem 2014 que afirmam ter recebido a imagem da página da prova do Enem com o tema da Redação antes do início da prova do último domingo, dia 9 de novembro.

O primeiro candidato a informar que teria recebido a imagem por mensagem WhatsApp foi Jomásio Barros (17 anos), no Piauí. Depois que ele revelou o que aconteceu, outros candidatos já se apresentaram com a mesma informação em outras Unidades da Federação. O horário das mensagens teria começado às  10h e 50 minutos, e seguindo  até à metade da tarde.

A Polícia Federal está em campo para fazer o rastreamento das mensagens e perícia em telefones celulares para ver comprovações sobre os horários de postagem, a autenticidade das mensagens, e tentar identificar de onde partiram.

Redação Enem 2014 Vazou

O Ministro da Educação, José Henrique Paim (foto), optou por cautela e não sinalizou sobre o que o MEC pretende fazer se o vazamento for mesmo comprovado. Ele disse que em outras rodadas do exame foram apuradas denúncias que não se confirmaram verdadeiras pela Polícia Federal, e que prefere aguardar o resultado das investigações para se pronunciar.

As provas do Enem já foram canceladas e tiveram que ser refeitas por motivo de vazamento em edição anterior. Foi em outubro de 2009, quando ocorreu um vazamento completo de um caderno de prova , que foi apresentado a repórteres do jornal O Estado de São Paulo.

Caso a Polícia Federal confirme o vazamento do tema da Redação do Enem 2014 o Blog do Enem avalia que o Ministério da Educação teria três alternativas: poderia optar por um cancelamento parcial do exame, convocando os candidatos para uma nova prova de redação; a segunda opção seria o MEC optar por descartar apenas a correção das redações, validando as notas das provas objetivas como o critério suficiente para concorrer às vagas no Sisu, no Prouni, no Pronatec e no Ciência Sem Fronteiras.

Ou, como terceira alternativa, se o vazamento que vier a ser apurado pela Polícia Federal tiver sido maior do que o que foi até agora divulgado, poderia mesmo chegar ao cancelamento total, como ocorreu em 2009. Este seria o maior prejuízo para os candidatos e para o cronograma dos programas vinculados à nota do Enem. Mas, decisão, mesmo por parte do MEC e do INEP, só após o trabalho de investigação da Polícia Federal.

enem-2014Fraude no Enem 2014 – A Polícia Federal informou nesta sexta-feira, 14 de novembro, que prendeu durante a realização do Enem 2014 uma quadrilha que vendia serviços para informar por meio eletrônico respostas de questões para candidatos, durante o período de realização da prova.  Foram realizadas prisões em flagrante e também nos dias que se seguiram ao exame.

Ainda sem fornecer os detalhes do esquema, a PF informou que as operações ocorriam no Ceará e na Paraíba. As investigações prosseguem para verificar se a quadrilha operava já em edições anteriores, para identificar eventuais candidatos que tenham se beneficiado pela fraude. Além dos membros da quadrilha os candidatos também podem ser processados.

O Ministério da Educação e o INEP estão apoiando o trabalho da Polícia Federal. E se forem identificados alunos que ingressaram em universidades a partir da fraude na obtenção de respostas, estes serão denunciados e expulsos das instituições.

Redação Enem 2014 VazouVocê fez o Enem 2014? Já baixou o gabarito oficial do MEC/INEP com as respostas das questões objetivasde sábado e domingo? Ainda não? Baixe aqui. Download das provas e dos gabaritos oficiais:  https://blogdoenem.com.br/prova-do-enem-2013-download/

E depois do Enem, vai fazer ainda um vestibular? Aumente as suas chances com as Apostilas Pré-Vestibular gratuitas do Blog do Enem. Aulas de revisão, dicas e exercícios para todas as matérias. Aqui: https://blogdoenem.com.br/apostilas-gratis/