Controle social – Revisão e Simulado Enem de Sociologia com 10 questões

Veja o que sabe sobre Sociologia com o simulado de controle social que preparamos para você. São apenas 10 questões para você estudar e garantir o sucesso no Enem!

Você sabia que as instituições sociais são uma forma de controle social? Veja o que sabe sobre o tema responde as 10 questões do simulado Enem de Sociologia.

Desde o instante que veio ao mundo você já faz parte de um grupo social: sua família. A família é a primeira instituição socializadora, que transmite ao indivíduo os padrões seguidos socialmente. A família portanto é a primeira agência de controle social, que molda, orienta e controla o comportamento de seus membros.

Ao longo de sua vida, por meio das experiências cotidianas, você foi assimilando a cultura transmitida por uma variedade de grupos e instituições sociais. Você aprendeu a se alimentar, a se vestir, a se portar, a se relacionar e, até mesmo, seus gostos, preferências, sentimentos e ideais estão relacionados aos valores e padrões transmitidos por grupos e instituições sociais, mesmo que muitas vezes não nos damos conta que isto ocorre.

Controle social

O controle social são formas pelas quais a sociedade inculca os valores na mente de seus membros, para evitar que adotem comportamentos divergentes. Os valores, crenças e hábitos passados por gerações por meio dos grupos e instituições sociais influenciam o comportamento dos indivíduos no sentido de continuarem a perpetuar os padrões socialmente aceitos de uma determinada época e evitá-los em outra.

Fonte: http://leandrapianco.blogspot.com.br/2015/05/sociologia-para-o-1-ano-ensino-medio.html

Ocorrem mudanças de tempos em tempos, padrões sociais e morais aceitos hoje não eram bem vistos a tempos atrás. Pode-se observar, por exemplo, que em tempos atrás as mulheres não eram socialmente aceitas em círculos sociais ou no trabalho fora do lar, e atualmente, é aceitável e mesmo recomendado o trabalho fora do lar a fim de contribuir no orçamento familiar.

As formas de controle social desempenham algumas funções que são o de ordenamento social, de eficiência e proteção social. A sociedade para funcionar precisa seguir um determinado sistema, com normas e padrões, caso contrário, não seria possível viver todos em um mesmo espaço. Veja nesta charge uma forma de representar o controle social das instituições sobre os indivíduos:Em sociedades mais complexas, algumas instituições sociais tem como finalidade a manutenção de uma certa eficiência econômica e social, como é o caso do Estado, do ordenamento jurídico e etc, que garantem uma sociedade organizada e oferecem certa proteção.

As instituições sociais

Pode-se entender então que a instituição social é um conjunto de regras e comportamentos padronizados, reconhecidos e aceitos socialmente. Trata-se de modos de pensar, de agir e de sentir pré-estabelecidos que serão inculcados nos indivíduos desde o nascimento até a morte, e que podem se modificar no decorrer do tempo, em épocas diferentes.

As instituições servem para atender as necessidades dos indivíduos do grupo, mas também têm o papel de manter a organização do grupo e de controle da atividade do indivíduo.

As diferenças entre grupo e instituição

grupo é formado por indivíduos com objetivos comuns, já as instituições estão relacionadas as regras estabelecidas por esse grupo. A família é um grupo e as regras no interior desse grupo formam a instituição familiar.

Também é preciso entender que as instituições não estão separadas uma das outras, se se modifica o a maneira de pensar e agir dentro de uma instituição afetará as regras no interior de outras instituições. Mudanças na economia trarão mudanças no interior da família, na escola e etc. As principais instituições que temos na sociedade são: a família, a escola, a religião, a jurídica, econômica e a política.

A família

A família é o primeiro grupo que socializa o indivíduo. Como as demais instituições passa por modificações ao longo do tempo, mas perpetua algumas funções principais: a sexual, a reprodutiva, econômica e educacional. As duas primeiras funções garantem as necessidades sexuais e a perpetuação da espécie humana, a função econômica assegura os meios de sobrevivência do grupo e a educação transmite os valores e padrões culturais da sociedade em que a criança está inserida.

Nos dias atuais a família modificou-se, as mulheres trabalham fora do lar, muitas vezes sustentam a casa, algumas famílias são compostas somente pela figura materna ou paterna, e outras são formadas por casais homossexuais. Os padrões vão se modificando ao longo do tempo, mas algumas regras que compõem a instituição familiar permanecem as mesmas.

A religião

A religião é encontrada de muitas formas em todas as épocas e sociedades. Está associada a crenças que dizem respeito ao sobrenatural e a veneração e temor a entidades. Ao longo do tempo as religiões ocidentais sofreram profundas modificações, devido a crescente sociedade industrial, ao progresso da ciência e consequentemente transformação da visão do homem de si mesmo e da vida.

De modo geral as religiões passaram a conciliar seus preceitos com os conhecimentos científicos. As religiões atuais procuram valorizar os aspectos sociais e humanos, pode-se perceber o envolvimento cada vez maior dos religiosos com os problemas sociais e com o conteúdo ético.

A religião católica, por exemplo, é uma forma de controle social, pois através do medo e da culpa o comportamento dos indivíduos pode ser controlado, evitando que fuja do que é esperado socialmente.

O Estado

O Estado é a forma mais autêntica de controle social porque age por meio da coerção. O Estado é a única instituição que possui o monopólio legítimo da violência, ou seja, por meio da violência física pode coagir o indivíduo a agir de acordo com as regras estabelecidas socialmente. Um exemplo muito comum é o pagamento de impostos. As pessoas pagam impostos ao comprar um bem qualquer e, mais diretamente, quando tem descontado de seu salário o imposto de renda.

Estes recursos são apropriados pelo Estado para os custos sociais (saúde, educação, obras, funcionários, etc). Mas como o Estado retira os recursos das empresas e dos indivíduos?

Somente o Estado faz isto por meio do que lhe é inerente, seu poder coercitivo. Em última instância o Estado poderá, e somente ele, usar da força física para fazer cumprir suas normas. Existem as leis a serem cumpridas por todos, e o Estado se baseia nas leis para fazer cumprir suas determinações, e em último caso, utiliza a violência física.

Qualquer outro tipo de uso de violência trata-se do uso ilegítimo da força. O Estado somente perderá o poder caso não consiga subtrair grupos revolucionários ou criminosos que se utilizem da força para dominar uma sociedade.

O texto acima foi preparado pela professora Viviane Bassi dos Reis Marques para o Blog do Enem. Viviane é formada em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos e mestra em Ciências Sociais com foco em Sociologia pela Universidade Estadual Paulista. Dá aulas de Sociologia, Antropologia e Ciência Política.  Facebook: https://www.facebook.com/bassimarques

Agora que você já revisou o tema, responda as 10 questões do simulado de controle social:

Simulado – controle social

.

Venha para o Curso Enem Gratuito:

Criamos para você duas novidades: Um Curso Enem Online totalmente gratuito, e uma bateria de Simulados Enem Gratuitos, com todas as matérias do Exame Nacional do Ensino Médio.  Acesse o Curso e faça os Simulados para chegar bem no próximo Enem! Simulados com Gabarito na mesma hora. Veja aqui:

Você pode estudar uma aula gratuita por dia no Curso Enem , com todas as matérias do Exame Nacional do Ensino Médio e também as Dicas para uma Redação Enem Nota 1000. Na verdade você pode estudar quantas aulas quiser por dia. Mas, o importante é criar o hábito de ver pelo menos uma aula por dia.

Curso Enem Gratuito com todas as matérias e dicas de Redação.

Simulado Enem – Escolha a sua próxima prova:

Biologia

Filosofia

Física

Geografia

Gramática

História

Inglês

Literatura

Matemática

Química

Espanhol

Sociologia

Encceja