Émile Durkheim – Resumo com Simulado Enem de Sociologia

Veja aula gratuita e depois teste seus conhecimentos sobre os pensamentos de Émile Durkheim. É conteúdo fundamental para Sociologia no Enem e nos vestibulares. Confira as dicas e o Simulado.

Você sabia que Émile Durkheim vê o suicídio como um fato social? Entenda o que é “fato social”, “coisa” e “solidariedade” para o pensador, respondendo as 10 questões do Simulado Enem de Sociologia.

Émile Durkheim procurou compreender como a sociedade de sua época se organizava e o que mantinha os indivíduos unidos. Viveu na sociedade do século XIX em transformação devido aos desdobramentos da Revolução Francesa e Industrial.

Ele sofreu influências das ideias iluministas que apostavam no progresso da humanidade e na necessidade de se criar um novo sistema moral e científico mais condizente com a sociedade industrial.

O positivismo de Auguste Comte (1798-1857) influenciou Durkheim e está presente em seu método de estudo: a sociedade deveria ser estudada por meio da observação e experimentação.

O que é “fato social”?

Para o pensador, a Sociologia deve tomar como objeto de estudo o que chamou de “fatos sociais”, que são modos de agir, de pensar e de sentir, que são exteriores ao indivíduo, e exercem sobre ele uma coerção.

Para Émile Durkheim a sociedade é mais do que a soma dos indivíduos que a compõe: as consciências, sentimentos e ações, ao serem combinados e fundidos, fazem nascer algo novo e externo àquelas consciências, dando origem a uma nova realidade, que é a consciência da sociedade, um fenômeno sui generis.Tirinha de humor a respeito da ideia de coerção, uma das característica do fato social. Fonte: http://abollagira.blogspot.com.br/2014/11/sociologia-de-emile-durkheim.html

Durkheim procura comprovar que os fatos sociais são externos e coercitivos. Argumenta que os fatos sociais, por serem externos, devem ser internalizados por meio de um processo educativo.

Resumo rápido sobre Émile Durkheim. Veja antes de prosseguir

. Valeu pra você? A professora Ana é mesmo um show! Agora, seguindo com a aula completa:

Durkheim explica que as crianças são educadas a desenvolver determinados comportamentos, maneiras de ser e mais tarde de trabalhar, de acordo com os valores daquela sociedade. Ao passar do tempo vão adquirindo hábitos, deixando de sentir que estão sendo coagidos, aprendendo comportamentos e modos de sentir do grupo em que estão inseridos.

Este homem construído socialmente compartilha uma escala de valores, de sentimentos e comportamentos. Cria-se uma realidade objetiva e coercitiva. Aqueles que não se submetem as convenções sociais passam por grandes dificuldades, por exemplo, ao resistir a uma lei, violar uma regra moral, não usar o idioma nacional, traz algumas punições sociais.  C

Contudo, para Émile Durkheim, isto não significa que os homens são impotentes diante das regras sociais, é viável o comportamento inovador, desde que vários indivíduos combinem sua ação e que esta venha a constituir um outro fato social.Tirinha de humor da Mafalda exemplificando as regras e convenções sociais. Fonte: http://sociologiass-unesp.blogspot.com.br/2012/05/seu-mestre-mandou_13.html

O que Durkheim quer dizer com “coisa”?

O método utilizado por Durkheim para estudar a sociedade aproxima-se daquele das ciências naturais que busca pela objetividade. Ao observar um fato social o sociólogo deve considerá-lo como “coisa”, como algo externo, procurando afastar as prenoções que carrega acerca daquele fato, libertar-se de falsas evidências, dos preconceitos, de seus sentimentos ou paixões. Deve-se adotar a prática cartesiano da dúvida metódica.

Tipos de solidariedade

Émile Durkheim procurou explicar os elementos capazes de manter coesa a sociedade que ia se configurando em uma época de transformações. Elaborou para isso o conceito de solidariedade social, demonstrando que é responsável pela coesão entre os indivíduos de uma sociedade.

Esta solidariedade pode ser de dois tipos: orgânica ou mecânica. Nas sociedades ditas simples, nos clãs ou tribos, prevalece a solidariedade orgânica, em que os indivíduos estão ligados por crenças e sentimentos comuns a todos os membros, não há diferenças nítidas entre eles, suas consciências se assemelham e por isso são solidários, devido às suas similitudes.

Os tipos individuais são rudimentares e o tipo coletivo é bastante desenvolvido. Com a concentração da população e a formação das cidades aumenta as relações intersociais, levando ao progresso e a divisão do trabalho.

A solidariedade orgânica se reduz dando origem a uma nova solidariedade, a mecânica, derivada da divisão do trabalho. Os membros dessa sociedade são solidários porque cada um tem uma tarefa, um papel diferenciado, e cada um dos demais depende das outras partes que compõem a sociedade.A divisão do trabalho garante a coesão.Tirinha de humor demonstrando a solidariedade mecânica. Fonte: http://www.portaldovestibulando.com/2012/12/durkheim-solidariedade-mecanica-e.html

O suicídio para Émile Durkheim

O fenômeno do suicídio é um dos indicadores de que a sociedade age sobre o indivíduo. O suicídio não é devido a causas isoladas, como pode parecer a princípio, mas a causas exteriores aos indivíduos, é um fato social.Quadro explicativo sobre o suicídio egoísta e altruísta. Fonte: http://es.slideshare.net/piratero-kenin-18/el-funcionalismoemilio-durkheim

Para Durkheim existem correntes sociais ou tendências coletivas que levam os indivíduos ao suicídio, denominadas por ele de “correntes suicidogêneas”: do egoísmo, altruísmo ou de anomia. Estas correntes geram estados de melancolia, renúncia ativa ou fadiga.

Normalmente estas correntes compensam-se mutuamente e mantem os indivíduos em equilíbrio, mas certas condições sociais, profissões ou confissões religiosas estimulam ou detêm essas tendências.

O suicídio egoísta se dá pela melancolia e sensação de desamparo moral provocadas pela desintegração social. Nos grupos em que se desintegram os laços de solidariedade religioso, de união familiar, ou mesmo a força do sentimento que vincula os indivíduos à sociedade política, pode motivar o suicídio.
.
Nas sociedades inferiores os suicídios mais frequentes são os altruístas, cometidos por pessoas enfermas, devido a velhice, viúvas, fiéis, ou por atos heroicos.O terceiro tipo de suicídio é o anômico, característico das sociedades modernas.

Este tipo se dá devido a um estado de desregramento social, em que as normas estão ausentes ou perderam o respeito. A sociedade deixa de estar suficientemente presente para regular as paixões individuais, que podem correr desenfreadas.
Antes existia a religião com seu sistema de poderes morais disciplinador, consoladora de pobres e ricos.Na sociedade baseada na divisão do trabalho, se as relações não estão regulamentadas, com pouco contato e não duradouras, o sentimento de interdependência amortece, as relações são precárias, as regras são vagas, indefinidas.

Situações como crises econômicas ou aumento brusco da riqueza ou de poder pode levar o indivíduo a desajustes, não há limites, o controle social está desestruturado.

Agora teste seu nível com o simulado de Émile Durkheim para garantir o sucesso no Enem:

 

Simulado – Émile Durkheim

.

.
========

Quer garantir nos estudos através de um curso preparatório online gratuito? Confira o Curso Enem 2018 Gratuito. Todas as matérias do Exame para você mandar bem nas provas objetivas e na Redação também.

Curso Enem Gratuito com todas as matérias e dicas de Redação.

No Blog do Enem toda hora é hora do Enem para você testar seus conhecimentos e revisar o que precisa melhorar para mandar bem no próximo Exame. Você está com o maior portal de conteúdos preparatórios e que tem Simulados de todas as matérias. Veja o Pré-Enem Gratuito, com 1.420 aulas de todas as matérias das provas objetivas e de Redação Também.

Escolha mais um Simulado Enem para fazer agora

Mandar bem no Enem é tudo de bom. Faça mais um Simulado Enem para testar seus conhecimentos e ver as aulas de revisão das questões que você errar. Escolha na tabela no final do post a matéria que você quer revisar agora. Com os testes do Simulado você corrige as suas falhas e aumenta suas chances no próximo Exame Nacional do Ensino Médio.

Simulado Enem – Escolha a sua próxima prova:

Biologia

Filosofia

Física

Geografia

Gramática

História

Inglês

Literatura

Matemática

Química

Espanhol

Sociologia

Encceja