A Expansão Marítima: Resumo com Simulado de História Enem & Encceja

Veja como Portugal dominava os mares na época das Grandes Navegações. Eles fizeram o caminho para as Índias e descobriram o Brasil, entre outros feitos notáveis. Confira aula gratuita e teste seus conhecimentos sobre a Expansão Marítima com nosso Simulado de História. Veja o que consegue acertar, e caso você erre, tem dicas para estudar! Veja!

O Ciclo das Grandes Navegações nos séculos XV e XVI redesenharam por completo o mapa do Globo Terrestre. Portugal e Espanha, a partir da Península Ibérica, singraram os sete mares com descobertas revolucionárias para a época. Garanta seus pontos em uma das questões mais comuns de história: A Expansão Marítima e Comercial Europeia.

Durante a Baixa Idade Média (séculos X ao XV), as relações comerciais eram estabelecidas apenas entre o sudoeste da Ásia, o norte da África e a Europa, ficando assim o mercado limitado a essas regiões.

Com as grandes navegações a partir do século XV, com a circunavegação da África feita pelos portugueses, a descoberta do caminho marítimo para as Índias por Vasco da Gama, a a descoberta da América por Colombo.

O ciclo se completa com a volta ao mundo de Fernão de Magalhães (veja no mapa). Assim, aumentaram-se as regiões produtoras e consumidoras, surgindo o mercado mundial.A Expansão Marítima e Comercial Europeia - História EnemMapa da expansão marítima europeia

O eixo naval saía assim do mar Mediterrâneo para os oceanos Atlântico e Índico. A descoberta de novos continentes e o surgimento deste mercado mundial é que denominamos de expansão marítima e comercial europeia.

Esta expansão marítima e comercial europeia dos séculos XV e XVI representou um dos aspectos básicos da transição do feudalismo para o capitalismo nascente.

Assista à videoaula do Curso Enem Gratuito com o professor Felipe para complementar seus estudos!

Causas que levaram à Expansão Marítima

  • A procura de especiarias: a partir do século XI, as cidades de Gênova e Veneza (norte da Itália) passaram a dominar o Mediterrâneo Oriental.
  • Os mercadores italianos iam buscar nos portos de Alexandria e Constantinopla os produtos orientais (especiarias, tecidos, perfumes, tapetes, pedras preciosas) e os distribuíam no mercado europeu, cobrando altos preços e obtendo grandes lucros.
  • A burguesia europeia passou a se interessar em quebrar o monopólio italiano sobre o comércio no mar Mediterrâneo, mas, para isso, era necessário descobrir um novo caminho para as Índias.

 

  • A escassez de metais preciosos na Europa: a grande quantidade de moedas usadas pelos países europeus para fazer o pagamento das importações resultou numa escassez de metais preciosos e as minas europeias não conseguiam atender à demanda.
  • Era preciso encontrar novas minas fora do continente europeu.

 

  • Aliança entre o rei e a burguesia: a burguesia e a monarquia aliadas buscam a valorização do comércio e a centralização do poder. Esta aliança possibilitaria derrotar a nobreza feudal.
  • A burguesia fornecia à monarquia os capitais necessários para armar exércitos e centralizar o poder. Os reis, por sua vez, deveriam promover o desenvolvimento do comércio, atendendo aos interesses da burguesia.

 

  • Busca de tecido e tapetes: para satisfazer os anseios consumidores da burguesia.
  • Busca de porcelana: pelo mesmo motivo acima.
  • Sentimento de aventura: para se conhecer e ver regiões do mundo que nunca ninguém tinha visto.

As Grandes Navegações só foram possíveis por causa dos avanços tecnológicos do século XV. A única maneira de quebrar o monopólio comercial italiano era descobrir um novo caminho marítimo para as Índias. No entanto, até o século XV, isto era impossível, porque as técnicas de navegação eram muito rudimentares e não permitiam a navegação em alto mar.

Dica 1 – Estude sobre umas das principais civilizações da Antiguidade e relembre tudo sobre o Império Bizantino nesta aula de revisão para a prova de História Enem – https://blogdoenem.com.br/imperio-bizantino-historia-enem/

A partir do século XV, houve um grande avanço técnico na Europa Ocidental. O desenvolvimento da cartografia, que possibilitou a elaboração de mapas mais exatos combinados com os estudos de astronomia.

Outro fator importantíssimo foi o aperfeiçoamento das embarcações com o surgimento da caravela com velas triangulares.  Estas caravelas foram a chave para as Grandes Navegações. Os navegadores passaram a utilizar a bússola e o astrolábio que determinava a latitude e a longitude. Todo esse progresso técnico-científico possibilitou que as navegações a longa distância se transformassem em um empreendimento mais seguro.

Dica 1 – Você sabia que a política econômica mercantilista estimulou o descobrimento de novas terras e, portanto, as Grandes Navegações? Não? Então que tal revisar o conteúdo sobre o mercantilismo? Acesse: https://blogdoenem.com.br/mercantilismo-economica-absolutismo/

O Ciclo Português

O ciclo oriental ou português visava a contornar o litoral da África para chegar às Índias (oriente). O grande impulso para os descobrimentos portugueses foi a criação do Centro de Geografia e Náutica, localizado em Sagres (sul de Portugal), pelo Infante Dom Henrique (“O Navegador”).

O Estado financiava as pesquisas e reservava para si a exclusividade das viagens. A tomada de Celta, em 1415, no norte da África, marcou o início das conquistas de além-mar.

O Ciclo Espanhol

O ciclo ocidental ou espanhol objetivava chegar ao Oriente (Índias) viajando pelo ocidente (“El Ocidente por el poniente”), segundo os planos do navegador Cristóvão Colombo, natural da República de Gênova (Itália), que acreditava na esfericidade ou redondeza da terra.

Recebeu apoio dos “Reis Católicos” que governavam a Espanha: Fernão (rei de Aragão) e Isabel (rainha de Castela). Suas caravelas eram: Santa Maria (nau capitânia), Pinta e Nina.

As consequências para estes dois países e outros com forte presença em navegação (Inglaterra, Holanda, França, etc.) foi uma Expansão Marítima de seus domínios.

Teste seu nível no Simulado Enem Online:

 

Expansão Marítima

.

Escolha  mais um Simulado Enem para fazer agora

Mandar bem no Enem é tudo de bom. Faça mais um Simulado Enem para testar seus conhecimentos e ver as aulas de revisão das questoes que voce errar. Escolha na tabela  no final do post a matéria que você quer revisar agora. Com os testes do Simulado você corrige as suas falhas e aumenta suas chances no próximo Exame Nacional do Ensino Médio.

Notas de Corte do Enem

É a sua nota que garante o futuro na universidade. Para entrar nos cursos mais puxados como Medicina e Engenharia Aeronáutica é preciso fazer acima de 750 a 780 pontos, pelo menos. Nas universidades mais concorridas Notas de Corte do Enem para estes cursos passam de 800 pontos.

Nas Engenharias, no Direito, e para Psicologia e Odonto é preciso fazer mais de 700 pontos na maioria das instituições. O Simulado Enem ajuda você a chegar lá. Veja aqui todas as Notas de Corte do Enem. notas de corte do enem horizontal

Curso Enem Gratuito

Junto com esta coleção de provas do Simulado Enem Online a equipe de professores do Blog criou também um acervo completo de aulas e exercícios gratuitos de todas as matérias que caem nas provas objetivas e também na Redação do Enem. Todas estas aulas estão agrupadas para você no Curso Enem Gratuito.

Veja as dicas de Redação e as aulas do Curso Enem Gratuito
Veja as dicas de Redação e as aulas do Curso Enem Gratuito

Você escolhe o que precisa estudar no Curso Enem Gratuito, no seu ritmo. Estudar pra valer é o caminho para fazer a diferença no seu desempenho na próxima prova do Enem. Agora, é com você.

Simulado Enem Online – Escolha a sua próxima prova:

Biologia

Filosofia

Física

Geografia

Gramática

História

Inglês

Literatura

Matemática

Química

Espanhol

Sociologia

Encceja