Estado e Direito – Simulado Encceja

Garanta o seu Certificação do Ensino Médio com o Encceja! Responda as questões do Simulado Encceja de Ciências Humanas que preparamos para você sobre Estado e Direito. Caso erre alguma questão, têm dicas para estudar!

Prepare-se para o Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos) respondendo as questões do Simulado Encceja de Ciências Humanas.  Não perca tempo. Estude aqui com as questões retiradas das apostilas liberadas pelo MEC.

Neste Simulado Encceja de Ciências Humanas você responde apenas 4 questões para testar o que sabe e se dar bem na hora da prova. Veja um breve resumo sobre a matéria:

O Estado é a nossa máxima autoridade no que refere à organização da sociedade. É ele quem organiza as leis, as punições, aquilo que é legal e ilegal, os impostos, etc. Mas também é aquele que decide sobre a política exterior do nosso país, é quem tem que garantir para nós um sistema de justiça, educação, saúde, entre outros serviços.

Os conceitos de Estado e Governo não podem ser confundidos. O Estado é uma grande instituição, subdividida em várias áreas de interesse e administração da população. O Governo é aquele grupo político determinado, que se encontra ocupando a vaga de autoridades, geralmente eleitas democraticamente. Ou seja, o Estado não muda, ele continua sendo sempre a instituição encarregada de desenvolver obrigatoriamente um conjunto de atividades procurando as condições apropriadas da sua população. O governo pode mudar de identidade política, isto é, de partido político, mas ele ocupa temporariamente o lugar de máxima autoridade, tendo sido escolhido democraticamente.

A primeira definição de Estado que podemos formular é que se trata de uma organização do poder e de uma população em um território geográfico estabelecido e reconhecido por ele e por outros Estados. Sendo assim, esta instituição vai concentrar um poder especial que a diferencia de qualquer outra instituição, que a converte em autoridade suprema, responsável por aquelas tarefas que mencionamos previamente. O Estado vai ter o monopólio da força física, legítima e o monopólio fiscal do território.

Sendo assim, o Estado moderno tem algumas características complexas que se conformaram historicamente e que o definem como uma instituição única. Ele tem a exclusividade da aplicação da força física legitima, assim como o poder para ministrar justiça, é a autoridade máxima à qual todos nos remetemos em casos de conflitos entre pessoas, instituições, companhias, etc. O Estado moderno também tem o monopólio fiscal, ou seja, é o único que pode cobrar impostos e arrecadá-los para conseguir os meios suficientes para garantir condições específicas para sua população. Por último, o Estado moderno é a única instituição que possui um corpo de funcionários escolhidos de diferentes maneiras (concursados ou indicados por outros), que administram e organizam diversas tarefas; ao mesmo tempo em que são os únicos que têm conhecimento específico sobre as mencionadas ocupações.

Mas como é que se relacionam os direitos individuais com o Estado? Os primeiros autores que teorizaram sobre o Estado Moderno (Hobbes, Locke, Rousseau) acreditavam que o fundamento do Estado moderno é um trato, um pacto que fizemos entre todos para conformar o Estado, procurando que seja a instituição que vele pelo nosso bem comum. Ou seja, por meio do processo de centralização de poder fizemos do Estado a instituição mais poderosa, lhe transmitimos nossa vontade para decidir sobre os conflitos, ministrar justiça, em fim para governar. Estes autores são considerados então contratualistas pela referência a esse contrato feito entre as pessoas como fundamento do Estado. Mas eles não querem dizer que todo mundo juntou, discutiu e decidiu, senão que esse convênio que temos entre todos de respeitar o Estado e de reconhecer a sua autoridade é atualizado todos os dias. Como ele é atualizado? Por meio de cada ação que nós realizamos cada vez que votamos, que pagamos um imposto, que respeitamos as leis, que pedimos justiça, etc.

Estado e Direito – Simulado Encceja 

.

Com apenas 30 questões objetivas  de cada área e uma redação você pode tirar o Certificado do Ensino Médio pela prova do Encceja – Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos. Teste seu nível nos Simulados para alcançar este objetivo e depois fazer a Faculdade.

Biologia

Filosofia

Física

Geografia

Gramática

História

Inglês

Literatura

Matemática

Química

Espanhol

Sociologia

Encceja

Baixe as apostilas gratuitas disponibilizadas pelo MEC clicando aqui:

Encceja: Apostilas Gratuitas para tirar o Certificado do Ensino Médio

Quem pode fazer o Encceja para conseguir o diploma:

Encceja é um exame de participação voluntária, gratuito, para os jovens e adultos que moram tanto no Brasil quanto no exterior, e que não tiveram oportunidade de concluir seus estudos na idade apropriada para quem faz o ensino regular. Tem provas do Encceja para o Ensino Fundamental, para tiver 15 anos completos na data do Exame, e tem a prova do Encceja para Certificação do Ensino Médio, mas só para quem tiver 18 anos completos na data da avaliação em cada ano.

Encceja

Como é o Exame de Certificação do Ensino Médio:

Diferentemente do Enem, que tem como principal objetivo testar os conhecimentos dos participantes sobre o domínio dos princípios científicos e tecnológicos, o Encceja é um exame que quer medir as competências, habilidades e saberes adquiridos no processo escolar ou nos processos formativos. É como se fosse o conhecimento aplicado às coisas da vida, do cotidiano. Os conteúdos da prova de Certificação do Ensino Médio são praticamente os mesmos do Enem, mas com foco no dia a dia. Curso Enem GratuitoVeja aqui o Curso Enem Online, gratuito, que têm os mesmos conteúdos do Encceja, e ajuda você a conquistar o Certificado do Ensino Médio para seguir adiante. Confira também os Simulados do Encceja, mais abaixo nesta página.

Quantos pontos precisa para passar no Encceja?

Não é nada complicado vencer a nota de corte do Encceja para tirar o Certificado do Ensino Médio. A nota máxima é de 180 pontos, e se você fizer pelo menos 100, já passou. É como se a média de aprovação fosse a nota ’55’ numa pontuação de até cem pontos. Não é difícil. E, na Redação, a nota vai até 10, e você passa com 5 (cinco).

As  30 questões objetivas do Encceja em cada uma das quatro Áreas do Exame são de contextualização dos conteúdos científicos relacionados ao desenvolvimento na vida familiar, no cotidiano, no trabalho, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais, entre outros.  As Áreas de conteúdo são as mesmas do Enem: Linguagens; Ciências Humanas; Ciências da Natureza; e Matemática.  E, a redação é avaliada  através de um texto do tipo dissertativo-argumentativo, com tema escolhido entre assuntos sociais, científicos, culturais ou políticos. Veja aqui como fazer uma redação dissertativa-argumentativa e depois confira como fazer a inscrição e faça os Simulados Encceja Gratuitos para ir testando seu nível.

Como fazer a inscrição no Encceja?

É tudo muito simples para tirar o Certificado do Ensino Médio pelo Encceja. Para se inscrever basta informar o número do CPF e da Carteira de Identidade. Para quem estiver preso ou submetido a medida socioeducativa, o coordenador pedagógico da unidade pode preencher estes dados pelo candidato. É tudo grátis.  Veja aqui o site oficial de informações do Encceja. inscrições do Encceja O Certificado de Conclusão do Ensino Médio para quem passar será emitido pelas Secretarias Estaduais de Educação.