Enem 2014 – Saiba como poesia pode aparecer na prova

Assunto frequente nas edições anteriores, as poesias podem aparecer na sua prova do Enem 2014. Fique ligado!

Por não possuir uma lista de obras obrigatórias, muitos candidatos ficam em dúvidas sobre o que estudar em literatura para o Enem 2014. O Blog do Enem traz para vocês 4 dicas que podem ajudar (e muito!) na hora de encarar os estudos.

Dica 1 – Saiba tudo sobre a redação no Enem 2014: https://blogdoenem.com.br/redacao-enem-aulas/.

1 – Movimentos literários

Aqui a questão é conhecer as principais características  de cada movimento. Com isso fica fácil identificar a qual pertence cada trecho que a prova exibir. Como o Enem 2014 será uma prova longa, dificilmente serão cobrados traços mais específicos que cada movimento. Então a dica é mesmo ter um panorama geral desse tema, cobrindo o maior número possível de possibilidades.

Enem 2014 Poesia

2 – Estruturas

O segredo para entender poemas é ver a forma como eles se estruturam, e não o significado de palavras individuais. Portanto, é essencial que os candidatos estejam preparados para analisar a estrutura dos poemas e entender qual foi a intenção do autor e até mesmo identificar o movimento ao qual ele pertence. Com isso, percebe-se novamente a importância de conhecer de forma geral os movimentos literários, pois sabendo os pontos principais essa identificação se torna muito mais fácil.

Dica 2 – Enem e a Poesia – Saiba a diferença entre prosa e verso: https://blogdoenem.com.br/enem-2013-poesia-prosa-verso/ .

3 – Autores

Alguns autores são tidos como clássicos e não podem ser esquecidos nos estudos para o Enem 2014. Seis são os mais indicados e tem chances maiores de aparecem no exame. São eles:  Oswald de Andrade, Mario de Andrade e Carlos Drummond de Andrade, representando o movimento do Modernismo. Para as três fases do Romantismo, podemos caprichar nos estudos de Gonçalves Dias, Álvares de Azevedo e Castro Alves, respectivamente da primeira, segunda e terceira fase do movimento.

4 – Veja provas antigas

Mais uma vez essa dica aparece por aqui. Estudar por provas passadas é sempre uma bela maneira de se ambientar com o formato do Enem. É uma prova única e com características próprias, que merecem atenção especial. Com elas vocês podem ter uma noção mais clara de como a poesia e os poemas são cobrados no Enem.

Dica 3 – Diferenças entre poema, prosa e poesia: https://blogdoenem.com.br/dicas-enem-portugues-enem-2012/

Fonte: Universia.