Veja a História do Brasil Colônia: resumo Enem & Ensino Médio

Você tem um encontro marcado com o Enem. Aproveite as dicas de História com aulas e resumos sobre os ciclos do Período Colonial Brasileiro. Todo ano cai Brasil Colônia. Vem!

Já riscou mais um dia do calendário? A prova do Enem está sempre no seu horizonte.  Se não for neste ano, mais à frente você tem um encontro marcado para traçar o seu destino de vida escolar e entrar na universidade. Veja agora o básico que você precisa aprender sobre os tempos do Brasil Colônia. Confira desde o Descobrimento, o Período Pré-Colonial, o Trabalho Escravo, os Ciclos Econômicos, as Revoltas Coloniais, a Família Real de Portugal no Brasil, e até à Proclamação da Independência em 1822.

Veja agora aulas e Simulados sobre o Brasil Colônia. Bora estudar todos os períodos desde o descobrimento. O Brasil Colônia termina com a Independência, em 1822, quando começa o Brasil Império. Este ciclo dura até à proclamação da República em 1889. Desde então vivemos no Brasil República. Brasil colônia videoaulas      Vamos começar pelo começo….. Quem descobriu o Brasil foi Pedro Álvares Ca… (  ) bral;  (  ) brel;   (  ) bril;  (  ) brol;   (   ) brul;

Resumo sobre o período Colonial

Se a sua memória está meio embaralhada e, se, para você, o Brasil Colônia é apenas uma vaga lembrança, da qual você lembra apenas do quadro ‘A Primeira Missa no Brasil’, com índios curiosos e vestidos apenas por adornos, e ao redor dos portugueses em trajes europeus.

É  hora de curtir essas videoaulas que separamos pra lhe ajudar!  Veja as aulas e alterne com os Simulados Enem de História, logo abaixo.

O nome do Brasil

Apesar de ter sido descoberto em 1500, foi somente três décadas depois que os portugueses passaram a ter ações mais frequentes em relação ao território que hoje chamamos de Brasil. Em 1500 a primeira denominação ao se avistar terra firme foi de Monte Pascoal na data de 22 de abril de 1500. Era e é uma montanha no hoje município de Prado, no litoral da Bahia. Em seguida, o nome passou a ser, foi Ilha de Vera Cruz, pois os embarcados de Pedro Álvares Cabral não tiveram noção continental de nossas terras. Em 1504 a denominação mudou para Terra de Santa Cruz.

Em 1511 os registros portugueses já remetem a denominação relacionada ao pau-brasil, e referenciam por “Terra dos Brasilis”, e depois Terra dos Brasis.  Em 1530 já se encontram registros em Portugal acerca da Colônia do Brasil do Reino de Portugal. É o primeiro registro do binômio Brasil Colônia.

Em 1808, com a vinda da Família Real para cá, Dom João VI criou o Colônia do Brasil do Reino de Portugal, com o registro deste nome em 1815.  Em 1822 Dom Pedro I proclama a Independência do Brasil, e nossas terras passam a ser reconhecidas por Império do Brasil. Formalmente, portanto, com a Independência termina o ciclo do Brasil Colônia.

Esta denominação de Império do Brasil vale até 1889, quando Dom Pedro II é deposto na Proclamação da República. O Imperador foi embarcado às pressas pelos revoltosos, e extraditado para a Europa. Nunca mais voltou

O nosso território passa sediar os Estados Unidos do Brasil, que foi o nome nacional criado pela Constituição da República em 1891.  Só em 1967 é que passamos a ter a denominação atual, de República Federativa do Brasil. Mas, aí já é história da república. Vamos colocar o nosso foco agora na História dos temos de Brasil Colônia.

O Período Pré-Colonial

Veja o que aconteceu no Brasil com a chegada dos portugueses nas três primeiras décadas, no chamado Período Pré-Colonial, que vai de 1500 a 1530. Acompanhe no resumo da professora Ana Cristina Peron, que está no canal do Curso Enem Gratuito.

Mas, tudo isso muda radicalmente a partir da exploração econômica intensiva, com a economia extrativista implementada pelos portugueses logo em seguida, principalmente com mão de obra escrava.

O Tráfico Negreiro e o Trabalho Escravo

A exploração econômica pelos portuguesas começa efetivamente a partir de 1530. Como eram poucos por aqui, buscaram inicialmente colocar os índígenas nativos para trabalhar inicialmente sob regime de trocas e depois sob coação e mando em trabalho escravo.

Como nossos nativos dominavam a geografia do território, passaram a realizar progressivo afastamento e constantes fugas, o que levou os portugueses a replicar no Brasil o comércio negreiro e o  trabalho escravo que já praticavam na costa da África desde a metade do século XV. Foram praticamente três séculos e meio de escravidão no Brasil. Veja na aula da professora Ana Cristina Peron.

Muito bem construída a narrativa da professora Ana Cristina, com um trabalho de pesquisa sólido para ancorar as informações deste longo ciclo da nossa história. Veja agora um resumo do Brasil Colonial:

O Brasil Colônia

A primeira é do Canal Curso Enem Gratuito, no Youtube, onde o Professor Felipe dá uma mãozinha aí nos seus estudos sobre o Período Colonial Brasileiro. Solta o play:

Muito bom o professor Felipe. Um show!

As Capitanias Hereditárias

Confira agora com a professora Ana Cristina Peron o que foram as Capitanias Hereditárias. Foi um período onde Portugal delegou para os “Donatários” os direitos de exploração das terras que cabiam ao reino português em função do Tratado de Tordesilhas.

Este tratado é muito emblemático na História, foi ele foi definido mesmo antes da descoberta do Brasil por Pedro Álvares Cabral, e dividia entre a Espanha e Portugal as terras que viessem a ser descobertas ao Sul da linha do Equador no Continente Americano.

A divisão se dava a partir de uma linha perpendicular e imaginária  ao Equador, e distante 370 léguas da ilha de Cabo Verde, na costa da África. As terras ao Leste desta linha seria de Portugal. E as terras a Oeste caberiam ao reino de Castela da Espanha.

Por este mapa do Tratado de Tordesilhas as terras do Brasil começavam ao Norte dividindo a Ilha de Marajó, acabavam ao Sul onde está hoje o município de Laguna, no Estado de Santa Catarina.  Veja no resumo especial:

As Capitanias acabaram não dando certo como Portugal pensara inicialmemente.

Agora, veja O Ciclo do Ouro no Brasil

Se liga aí pra descolar uma super nota no Exame Nacional do Ensino Médio com o resumo do Professor Felipe.

Excelente esta abordagem que mostra o Ciclo do Ouro e as consequências na Interiorização do Brasil.

O Ciclo do Ouro naturalmente é sinônimo de riqueza. Da mesma forma que o  Pau Brasil e o Ciclo da Cana de Açúcar.  E, em torno do dinheiro muitos conflitos aconteceram durante o período colonial. Veja agora o resumo sobre as revoltas e rebeliões daquele período:

Revoltas Coloniais Nativistas

Confira no resumo a Revolta dos Beckam, a Guerra dos Emboabas, a Revolta dos Mascates, e tantas outras. A Inconfidência Mineira  e a Conjuração Baiana foram tão importantes que merecem cada uma delas um resumo independente. Veja agora:

Viu só como é realizar o estudo da nossa História? Em muitos momentos tivemos a busca da autonomia, a busca da independência, a busca da liberdade.

A Inconfidência Mineira

Os ideais dos Inconfidentes permaneceram nas montanhas das Geraes, e foram eternizados posteriormente na bandeira do Estado de Minas Gerais, com o lema em Latim “Libertas Quae Sera Tamen”: Liberdade ainda que tardia.  A atual bandeira de Minas Gerais foi instituída em 1963, em homenagem aos Inconfidentes.

A Conjuração Baiana (A Revolta dos Alfaiates)

Excelente o relato feito pelo professor Felipe para você entender como a Conjuração Baiana alastrou-se pela sociedade e amedrontou as forças a serviço dos interesses de Portugal.

O Povoamento do Interior do Brasil

E para dar mais uma revisada, vale conferir com foi o Povoamento do Interior:

E aí, já está sabendo tudo sobre Brasil Colônia?

1808 – A Fuga da Família Real para o Brasil

As coisas mudaram radicalmente na vida urbana e nos negócios do reino de Portugal no Brasil em 1808. Dom João VI e mais os funcionários e milhares de dignatários da Corte Portuguesa vieram fugidos para escapar de Napoleão Bonaparte.

E, aqui chegando, tomaram providências para dotar o nosso território de estruturas de apoio ao governo exercido por Dom João. Tudo mudou. Veja no resumo:

Dom João é retratado muitas vezes como um personagem fraco, vacilante, quase tolo. Mas, de bobo não tinha nada. Deixou Napoleão a ver navios, sem conquistar o Reino de Portugal, e ainda instalou no Atlântico Sul o que viria a ser reconhecido com um Império governado pelo seu filho Pedro I, após uma Proclamação de Independência em 1822, e que encerra oficialmente o ciclo do Brasil Colonial.

A Independência do Brasil

A independência do Brasil ocorreu no dia 7 de setembro de 1822, e geralmente os estudantes relacionam a independência apenas com o Grito do Ipiranga protagonizado por D. Pedro I. Mas, ele não foi um fato isolado. Ocorreu todo um processo histórico até este momento, e que teve início nas revoltas emancipatórias do final do século XVIII.

Nas últimas décadas no século XVIII temos a crise do Sistema Colonial nas colônias americanas. No Brasil, isso é marcado, principalmente pelas conjurações baiana e mineira.

Ambos movimentos questionavam o Pacto Colonial e o papel do Brasil como colônia, defendiam maior autonomia do povo brasileiro, assim como objetivavam a separação de seu território perante a coroa portuguesa.

Veja toda a História a Independência agora no resumo do Curso Enem Gratuito

Veja os tempos do Brasil Império

Confira aqui as aulas-resumo para completar o ciclo da História do Império:

1 – O Primeiro Reinado

2 – O período Regencial

3 – O Segundo Reinado

Aproveite todas as nossas dicas para mandar bem na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias!  Teste os seus conhecimentos no Simulado Enem Gratuito:

Escolha aqui um Simulado Online

Biologia

Filosofia

Física

Geografia

Gramática

História

Inglês

Literatura

Matemática

Química

Espanhol

Sociologia

Encceja

Dica 1: História – Apostila Enem Gratuita. Revisão em 8 aulas e 26 exercícios – https://blogdoenem.com.br/historia-apostila-enem-gratuita/

Dica 2: Ciências Humanas – aulas gratuitas sobre o Período Medieval – https://blogdoenem.com.br/ciencias-humanas-aulas-gratuitas-enem/